Curso grátis de eletrônica: soldagem de componentes

A soldagem é uma prática bastante conhecida dos técnicos de refrigeração, mas não a de componentes eletrônicos. Por isso, é importante aprender pois cada vez mais os equipamentos de refrigeração vêm com placas e circuitos eletrônicos. A primeira coisa a fazer é ir a uma loja de material eletrônico e adquirir o seguinte:

  • Ferro de soldar de 40 watts;
  • Sugador de solda;
  • Rolo de solda para eletrônica (a mais fina);
  • Placa universal de circuito impresso;
  • Resistores (qualquer valor) de 1/4 ou 1/8 W;
  • Capacitores de poliéster, qualquer valor;
  • Transistores BC548 ou similar;
  • Alicate de corte e alicate de bico;
  • Garra jacaré tamanho pequeno.

Os valores dos transistores, capacitores e resistores acima não são importantes. Pode comprar os mais baratos que encontrar. Serão usados apenas no treinamento de soldagem e dessoldagem. A figura abaixo mostra alguns dos componentes e ferramentas descritos acima.

material para treinamento de soldagem Material para treinamento de soldagem.

  • Transistor;
  • Capacitores;
  • Resistores;
  • Garras jacaré;
  • Placa universal;
  • Solda;
  • Ferro de soldar;
  • Sugador de solda.

Soldagem de componentes

Ligue o ferro de soldar e espere cerca de 1 minuto até que esteja na temperatura ideal. Para verificar se a temperatura está boa, encoste a ponta do fio de solda na ponta do ferro de soldar. A solda deverá derreter com facilidade. Vamos começar soldando um resistor.

Coloque o resistor encaixado em dois furos da placa universal de circuito impresso. Feito isso, aqueça com a ponta do ferro de soldar o terminal do resistor e o cobre da placa de circuito impresso. Ambos devem ser aquecidos para que a solda possa derreter facilmente. Encoste agora a ponta do fio de solda na junção aquecida entre a placa e o terminal do resistor. Mantenha o tempo todo a ponta do ferro de soldar também encostando nessa junção. A solda deverá derreter uniformemente. Afaste o fio de solda e depois o ferro de soldar. Dentro de aproximadamente dois ou três segundos a solda estará sólida. Use o alicate de corte para retirar o excesso do terminal do resistor que sobrou.

Treine a soldagem com os resistores e com os capacitores. Não exagere na quantidade de solda. Deve ficar uma quantidade semelhante que você observa nos circuitos elétricos. Não sopre a solda para que esfrie. Espere três segundos e a solda esfriará sozinha. Não mova o componente enquanto a solda ainda não estiver solidificada.

soldagem de um resistor Soldagem de um resistor

Na soldagem de transistores você dever tomar um pouco mais de cuidado, pois são muito sensíveis ao calor. Se o ferro de soldar ficar encostado em seus terminais por mais de cinco segundos poderá danificá-lo. Para reduzir o calor no transistor (o objetivo é esquentar apenas a parte que será soldada) prenda uma garra jacaré no terminal do transistor que estiver sendo soldado, do outro lado da placa, como indicado na figura abaixo.

soldagem de um transistor Soldagem de um transistor

Quando for realizar uma soldagem “para valer”, lembre-se que a maioria dos componentes possuem polaridade, ou seja, uma posição correta para encaixe. Normalmente existe alguma indicação da posição correta na placa de circuito impresso. Se não existir tal indicação anote a posição correta antes de retirar o componente defeituoso, para que o novo componente seja posicionado com a polaridade correta. Alguns componentes simplesmente não funcionam se forem soldados de forma invertida (Ex.: diodos, LEDs). Outros podem ser permanentemente danificados pela inversão (transistores, capacitores eletrolíticos, chips).

Dessoldagem de componentes

A dessoldagem é um pouco mais fácil no caso de resistores, capacitores, diodos e transistores. No caso de chips é mais difícil devido ao grande número de terminais. O sugador de solda possui um êmbolo de pressão que remove a solda derretida dos circuitos. A figura da próxima página mostra como operá-lo.

Primeiro pressione o seu êmbolo, depois aproxime o seu bico da solda derretida e pressione o botão para que o bico sugue a solda. O sugador puxará a solda derretida para o seu interior. Aperte novamente o êmbolo para que possa expelir a solda retirada, já no estado sólido.

Arme o sugador de solda pressionando o êmbolo para baixo e deixando-o pronto para sugar. Encoste o ferro de solda quente no ponto de solda que você quer remover. A solda deverá derreter. Se estiver difícil de derreter, coloque um pingo de solda nova na ponta do ferro de soldar para facilitar a condução térmica, derretendo mais facilmente a solda da junção a ser desfeita. Sem tirar a ponta do ferro de soldar, encoste o bico do sugador (figura abaixo) na solda derretida e dispare. Se o componente não ficar totalmente solto, encaixe uma chave de fenda e puxe-o levemente, usando a chave como alavanca. Encoste agora o ferro de soldar novamente no terminal e o componente sair com facilidade.

uso do sugador de solda Usando o sugador de solda
dessoldando um componente Dessoldando componentes

É desaconselhável a dessoldagem de chips por principiantes. Além de ser uma operação muito mais difícil, os chips são extremamente sensíveis à temperatura. Sua soldagem e dessoldagem deve ser feita apenas em laboratórios especializados, equipados com uma estação de soldagem profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.