Portal da Refrigeração
Pesquisa Personalizada
Feeds do Portal da Refrigeração Portal da Refrigeração também  está no Twitter Veja os vídeos do Portal da Refrigeração sobre ar-condicionado e refrigeração no YouTube

Ar-condicionado, como escolher o melhor aparelho

- parte 2


Anterior

Ar-condicionado Split:

Cada vez mais vendidos, em alguns casos com designs sofisticados, são a tendência apontada pelos fabricantes de equipamentos de ar-condicionado. São divididos em 2 unidades: a unidade interna ao ambiente (evaporadora) e a unidade externa (condensadora). Alguns modelos de splits possuem mais de uma evaporadora (duas ou três em normalmente) mas sempre uma condensadora. Retiram calor de um ambiente para o outro através do gás que corre em suas tubulações de cobre. Tem instalação e manutenção complexas e caras.

Ar condicionado do tipo split, da Midea

Instalação: a instalação dos splits não é simples e deve ser feita por técnicos habilitados e, principalmente, com os equipamentos adequados. Uma instalação de split pode chegar a custar metade do preço do aparelho. Caso mal feita, pode trazer sérios problemas ao ar-condicionado e a forros e paredes, que costumam custar caro para serem reparados. Não caia na tentação de economizar - procure um bom técnico de preferência, com algum conhecimento de alvenaria pois é quase certo que ele terá de furar sua parede para passar as tubulações de cobre;

Manutenção/ reparos: o split tem uma manutenção cara e complexa. Seu controle é feito por placa(s) eletrônica(s) e comandos elétricos. Em geral as placas, quando dão defeitos, têm de ser trocadas porque componentes para reparo não são vendidos pelos fabricantes. Para repará-los os técnicos precisam realmente conhecer o ciclo de refrigeração e compreender esquemas elétricos. Na prática poucos conseguem embora esse quadro venha melhorando graças ao SENAI/ SENAC e as inciativas dos próprios fabricantes. Esteja preparado para gastar caso seu ar-condicionado split precise de conserto;

Recursos: graças ao controle feito por placa eletrônica o ar-condicionado split tem uma vasta gama de recursos. Temperaturas e horários de funcionamento programáveis, níveis de umidade no ar, velocidade de resfriamento variável, etc. Em recursos e controles os splits reinam absolutos. Os splits podem substituir os aparelhos janela mas em alguns casos são a única opção para refrigerar um ambiente. Quando o local de onde o calor vai ser retirado está mais distante do que uma parede ou janela para onde ele será dissipado, o split é a única solução. Essa distância pode variar de poucos metros para quase 30 metros, dependendo da capacidade em BTUS do aparelho. Também apresentam um nível de ruído muito baixo e por serem relativamente recentes, são projetados visando o menor consumo de energia. Todos possuem controle remoto e termostato digital;

Limitações: o split precisa de um local onde possa eliminar a água que se forma na unidade interna. Todos os splits possuem uma mangueira na evaporadora para isso. Não pense em usar um vaso de planta para eliminar a água porque dependendo da umidade relativa do ar e da capacidade do aparelho, ele poderá não absorver toda a água formada. Também é necessário passar 2 tubulações de cobre ligando as unidades interna e externa. É preciso existir um local para isso e considerações estéticas devem ser levadas em conta.

Comentário: coloque um ar-condicionado split apenas se você não puder colocar um do tipo janela ou estiver preocupado com a estética e o nível de ruído. Pense mesmo em locar com algumas das boas empresas que existem no Brasil, desde que a manutenção esteja incluída no valor da locação.

Próxima

Veja também:

comments powered by Disqus
Consulte aqui seu_nome@email.refrigeracao.net
Pesquisa Personalizada

Portal da Refrigeração e ar-condicionado - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet