Portal da Refrigeração
Google
Feeds do Portal da Refrigeração Portal da Refrigeração também  está no Twitter Veja os vídeos do Portal da Refrigeração sobre ar-condicionado e refrigeração no YouTube

Bomba de vácuo para refrigeração


O vácuo refrigeração e o ar-condicionado

Na maior parte dos equipamentos de refrigeração (salvo a refrigeração eletrônica e a refrigeração por absorção) circula um gás refrigerante à alta pressão. Esse gás, que muitos conhecem como FREON (na verdade um nome comercial da Dupont), deve ser o mais puro possível e sem resíduos de umidade.

A atual forma como se consegue inseri-lo num aparelho de refrigeração, de modo a manter a pureza, é evacuando antes o ar e a umidade que existem nas tubulações para só então colocar o gás refrigerante. Para isso se utiliza de uma bomba de vácuo.

A necessidade de evacuar antes todo o ar e a umidade que existam dentro das tubulações de um ar-condicionado split é um dos motivos que torna a instalação deles bem mais cara do que a de um modelo de janela similar.

Escolha da bomba de vácuo

A bomba de vácuo tem um funcionamento bastando parecido com uma bomba de água - só que ao invés de água, "puxa" ar e a umidade que ele contém. Quanto mais potente for a bomba de vácuo, mais rápido ela conseguirá atingir um nível adequado para colocação de gás refrigerante no aparelho.

A escolha de uma bomba de vácuo é feita em termos de sua vazão em CFM (pés cúbicos por minuto, tradução livre do inglês). Mais comumente são encontradas bombas de vácuo com as seguintes capacidades

  • 1,5 CFM: bomba de vácuo para sistemas domésticos;
  • 3 a 5 CFM: bomba de vácuo para sistemas comerciais;
  • 10 a 15 CFM: bomba de vácuo para sistemas de grande porte

A fim de se obter maior eficiência no processo de evacuação, recomenda-se que o vácuo seja executado tanto pelo lado de alta como de baixa pressão.

A evacuação deve ser acompanhada de outros procedimentos complementares como boa limpeza do sistema, checagem de vazamentos, troca de filtro secador e completa carga de fluido refrigerante, dentre outras. Uma outra recomendação importante é não deixar o sistema aberto à atmosfera por muito tempo, com o objetivo de evitar a entrada de contaminantes.

Os plugs do compressor somente devem ser retirados instantes antes de efetuar a solda dos tubos. Da mesma forma, jamais deve-se deixar um sistema de refrigeração parado por muito tempo sem que tenha se colocado refrigerante ou nitrogênio nele pois o ar atmosférico irá oxidar os componentes internos do compressor. Quando o sistema for religado, ele pode funcionar, mas os resíduos de oxidação causaram sérios problemas no funcionamento do equipamento.

Onde comprar bomba de vácuo barata

Todo técnico de refrigeração sabe que o equipamento de refrigeração mais caro para se comprar é a bomba de vácuo.

Abaixo daremos sugestão de dois lugares onde costumam ter bombas de vácuo com menor preço. Em ambos é possível parcelar o valor com cartão de crédito.

Mercado Livre: anúncios de bombas de vácuo usadas e novas

O primeiro lugar que aconselhamos você a procurar é no Mercado Livre. Existem muitas ofertas de bombas de vácuo usadas e novas e com preços menores do que o das lojas de refrigeração.

Mercado Livre, tem boas ofertas de bombas de vácuo, novas e usadas

Se você ainda tem receio de comprar no Mercado Livre é melhor superá-lo pois provavelmente está perdendo muito dinheiro. Se usar o Mercado Pago, só irá pagar depois de receber.

Frigelar: bomba de vácuo nova e barata

Outro lugar que indicamos para você comprar bomba de vácuo é a Frigelar, uma rede de lojas de refrigeração ao longo do Brasil. Normalmente ele tem preços bem em conta em bombas de vácuo novas.

A bomba de vácuo é indispensável na refrigeração

O vácuo se refere a ausência de ar (pressão), consequentemente, da umidade de um determinado espaço.

O ar contém água sobre a forma de vapor, por esse motivo, antes de aplicar a carga de gás em um sistema de refrigeração, deverá ser feita a evacuação do sistema. Isto é conseguido através de um equipamento denominado bomba de vácuo.

desenho de um boma de vácuo para uso na refrigeração

O melhor meio de evitar problemas causadas por umidade é através do uso de uma bomba de vácuo. Ela reduz a pressão no sistema fazendo que a umidade evapore.

A água num sistema de refrigeração pode causar inúmeros problemas, entre eles a formação de gelo na entrada do evaporador.

O motivo da bomba de vácuo ser indispensável na refrigeração

A umidade em um sistema de refrigeração (unidade selada), representa a principal origem de defeitos, causando desde congelamentos à corrosão, danificando e obstruindo válvulas, filtros e tubulações. A umidade em forma de vapor (umidade relativa) é encontrada em toda parte, tanto nos sólidos como nos líquidos e gasosos.

Para podermos avaliar o problema que é a umidade, convém examinar o efeito causado dentro do sistema. A umidade, geralmente localizada no lado de baixa pressão, acarretará como consequência a obstrução do tubo capilar ou da válvula de expansão pois poderá congelar. Se aquecermos o ponto de congelamento, os cristais de gelo passarão novamente para o estado de vapor e o fluído refrigerante voltará a circular normalmente, porém, após algum tempo, voltará a bloquear a passagem do fluído refrigerante.

A umidade poderá ainda ser deslocada através do sistema, pelo arraste do fluído refrigerante.

O fluído refrigerante pode combinar-se com a umidade decompondo-se na formação de ácidos, processo acelerado pela temperatura elevada, induzindo ainda à oxidação. O óleo incongelável usado em compressores selados, tem grande afinidade com a água. Esta, transformada em ácido, combinasse com o óleo, percorrendo as partes sujeitas a lubrificação, corroendo-as.

As peças componentes de  uma bomba de vácuo

Veja também:

comments powered by Disqus
Consulte aqui seu_nome@email.refrigeracao.net
Google

Portal da Refrigeração e ar-condicionado - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet