Portal da Refrigeração
Google
Feeds do Portal da Refrigeração Portal da Refrigeração também  está no Twitter Veja os vídeos do Portal da Refrigeração sobre ar-condicionado e refrigeração no YouTube

Os efeitos do calor na saúde


A combinação de altas temperaturas (significativamente acima do normal) e umidade relativa alta pode reduzir drasticamente a capacidade do corpo humano de manter a sua temperatura interna correta. Exposições prolongadas em ambientes com temperatura excessiva e umidade alta podem causar câimbras, esgotamento, fadiga térmica, e danos ao cérebro – AVC ( Acidente Vascular Cerebral ). Para alguns, especialmente para os idosos e enfermos, o calor em excesso pode causar a morte.

O Índice de Calor (IC), também chamado de "Temperatura Aparente", é uma medida de como a umidade associada a altas temperaturas reduz a capacidade do corpo em manter-se frio. O IC é a sensação térmica que o corpo humano interpreta quando a umidade e/ou temperatura fogem dos níveis normais. Por exemplo, se a temperatura do ar é de 34°C, e a umidade é de 50% o efeito destas condições no corpo equivale a uma temperatura de 39,5°C. A premissa para o cálculo do Índice de Calor é que, a pessoa a ser avaliada, esteja à sombra, ao nível do mar, e com vento de 10 Km/h. Exposições ao sol podem aumentar o IC entre 3° e 8°C. Variações na velocidade do vento normalmente tem pequeno efeito sobre o IC.

A tabela abaixo mostra a Temperatura Aparente (IC) com base na Temperatura do Ar e a Umidade Relativa do Ambiente

U.R. % Temperatura do Ar (°C)

>26 28 30 32 34 36 38 40
30 24,8 27,2 29,7 32,0 34,4 37,2 40,5 44,2
40 25,9 28,1 30,9 33,6 36,7 40,0 44,1 49,3
50 26,4 29,0 32,0 35,2 39,5 44,3 49,7 55,9
60 27,5 30,1 33,3 37,4 42,6 49,3 56,5 63,3
70 28,4 31,3 35,2 40,6 47,5 55,0 63,1 -
Temperatura Aparente (°C) -Índice de Calor

O grau de stress causado pelo calor pode variar com a idade, saúde, e características do corpo. Abaixo estão listados alguns possíveis sintomas de stress térmico associado aos intervalos de temperatura Aparente (IC).

Temp. Aparente Nível de Perigo Síndrome de Calor (sintomas)
27o. 32o.C Atenção Possível fadiga em casos de exposição prolongada e atividade física
32o. 41o.C Muito cuidado Possibilidade de câimbras, esgotamento, e insolação para exposições prolongadas e atividade física
41o. 54o. C Perigo Câimbras, insolação, e esgotamento prováveis. Possibilidade de dano cerebral (AVC) para exposições prolongadas com atividade física.
Mais que 54o. C Extremo perigo Insolação e Acidente Vascular Cerebral (AVC) eminente

Produtividade e Calor

As perdas na produtividade por excesso de calor foram analisadas pela NASA (report CR-1205-1) veja tabela abaixo. O relatório conclui, por exemplo, que quando a temperatura da área de trabalho atinge 30°C a produtividade cai cerca de 20% e há um aumento de 75% na frequência de erros.

Temperatura (o.C) 26 28 30 32 34 36 38 40
Produtividade (%) -6,5 -12,5 -20,0 -28,5 -39,0 -51,0 -64,5 -76,5
Frequência de erros (%) +3,5 +12 +75 +270 +550 >+700 - -

Ex. se o nível de erros é 1/200 (0,5%) a 24°C o nível de erros passará para 3,7/200 ( 1,85%) a 32°C

Veja também:

comments powered by Disqus
Consulte aqui seu_nome@email.refrigeracao.net
Google

Portal da Refrigeração e ar-condicionado - Política de Privacidade - Um site da HHC Internet